11/27/2007

Oi galera...!!!ôce é dondi??di Vila Nova di Paiva.

Esta pode ser muito bem uma das frases que uma numerosa e pomposa comitiva barrelense poderá ouvir nestes próximos tempos com direito a sotaque e quiça caipirinha na mão!!!


Não, não mudamos de tema no blogue!!Não, este blogue não passou a ser um dos que se dedica a viagens nem tão pouco daqueles que versam só sobre alguns destinos famosos pelas mais variadas razões!!! Não, não deixamos de tentar perceber(cada vez mais dificil, mas temos esperança!!) de que forma evoluí o concelho e como age quem nos gere.


Efectivamente enquanto esperamos e deseperamos por obras que realmente façam avançar o nosso concelho, surge agora a noticia de uma viagem ao Brasil, de uma comitiva de cerca de uma dezena de pessoas do nosso concelho. Sim leu bem cerca de uma dezena de pessoas. Mais espantoso que este facto, surge outro ainda mais obtuso, que é a duração desta viagem, apenas e só, 11 dias.

Não temos dados dos preços, mas se dedicarmos algum tempo e mentalmente esborçarmos alguns pressupostos do género: 2500 euros por paivense-ó-brasileiro...perdão...ingressante em comitiva vemos que pelo menos no cofre esta "cimeira" irá impactar.


Nós por cá esforçamo-nos (bastante devo confessar!!!) para tentar perceber os reais resultados deste encontro para o concelho e eis algumas conclusões que gostariamos de ver respondidas por quem de direito ou que por todos aqueles que queiram arriscar:


Será que vamos nós (Vila Nova de Paiva) delinear junto de Lula da Silva um plano estratégico de cooperação entre brasil-Vila Nova de Paiva?? esta tem uma pitadinha de exagero, bem sei mas...

Será que nos vamos geminar com o destino balnear eleito para a "cimeira"?? bem sei que o rio paiva tem a sua dimensão mas também é capaz de ser exagerado...


Será vamos aprender a forma de gestão eficiente e produtiva do nosso anfitrião??hummm...é possível!!!


Será que esta é só mais uma passeata para "brasileiro ver e paivense pagar..." sem qualquer tipo de efeito prático, mas com algum monetário, que irá despertar o supra-Turista que há em nós, povo da beira??? esta devo confessar teve uns votinhos a favor aqui nos participantes dos blogues (abstiveram-se 2 que sairam a correr para a Câmara na esperança de haver lista de inscrição).

Também queremos ouvir a sua opinião e provavelmente mostrar-nos e convencer-nos que efectivamente estamos doidos e que esta viagem é o melhor que poderia ocorrer no concelho nestes tempos que correm.


P.S

Informa-se toda a população que já se encontram à venda os kits Paivense sem stress que inclui: um repelente, chinelinho de dedo, aguinha de coco, e uma caipirinha com dois tubilhos. Mais se informa que para uma melhor leitura do post o blogue aconselha a visualização de algumas imagens da natureza (fauna e flora) e a audição de uma sambinha ou numa perspectiva mais contemporanea uma bossa nova.

28 Comments:

At 11/28/2007 12:28 da manhã, Anonymous Anónimo said...

porra para onde vao os meus impostos .......

 
At 11/28/2007 1:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

eu quero um desses quits todos malucos. será que se pedir tb posso ir ao brasil ver umas bundas?

 
At 11/28/2007 10:25 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Então… E quem vai ficar a tomar conta da “Capital Ecológica”?????

 
At 11/28/2007 11:46 da tarde, Anonymous Anónimo said...

um zuca qualquer compadre do nosso amigo custodio so pode...

 
At 11/29/2007 12:00 da tarde, Blogger Viperina said...

Queria comentar mas ainda estou perplexo com tamanha "cimeira"!!!

Num executivo onde não há definitivamente: prioridades, planeamento, visão e principalmente obra constata-se agora que também não há BOM SENSO E RIGOR.

Quando se apregoa aos sete ventos falta de verba para tudo o que é obra necessária, falta de liquidez para balancear contas, falta de...e quando nos deparamos com estas noticias a única falta que vislumbro é a falta de vontade em querer trabalhar e cumprir com o que prometeram!!!

O senhor Manuel Custódio e restante equipa não podem ou não deviam ter tido a audácia que fosse de induzir todo um eleitorado numa visão, numa promessa que agora se vê como uma mera arma de captação de votos.

É obrigação de todos e da oposição não deixar este tipo de acções terem lugar, denunciando e confrontando de todas as formas possíveis estas formas de estar e fazer politica.

cpts

 
At 11/29/2007 2:18 da tarde, Blogger zé paivinho said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 11/29/2007 2:22 da tarde, Blogger zé paivinho said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 11/29/2007 2:24 da tarde, Blogger zé paivinho said...

ESTAMOS ENTREGUES À BICHARADA.

É isto mesmo. Já não faltava a falta de visão politica, a falta de prioridades, os compadrios, o regresso a um passado recente...agora isto. Estamos a bater no fundo. Não consigo vislumbrar qualquer razão nesta ida ao brasil, a não ser o passeio, a empatia com a natureza, o disfrute da paisagem e da gastronomia local, para além de se poder aproveitar para lavar as vistas.
Já tou a imaginar a comitiva paivense, de chinelinho de dedo, camisolinha de alça no calçadão da Avenida Atlantica no Rio, a saborear uma água de coco. Por amor de Deus. Mas ninguém tem mão nisto. Apesar de já estar habituado às "maluqueiras" do sr. Manuel Custódio, a oposição é tão má ou pior do que ele. E ainda faltam dois anos... Uff vai ser dose... Pior mesmo, é que já se fala numa possível recandidatura. Faço aqui a um apelo às pessoas com dois dedos de testa e que AMEM realmente o nosso concelho: apareçam, discutam ideias, candidatem-se à Câmara Municipal. Mais 4 anos é mau de mais...
E apesar de segundo dizem, esta viagem vir a ser suportada apenas em 15 % pela câmara, é dinheiro deitado à RUA. Qualquer gasto deste tipo é dinheiro deitado fora.
Onde está:
- a dinamização do concelho;
- a escola profissional prometida;
- o complexo desportivo prometido;
- o festival de verão prometido;
- razões para sermos capital ecológica;
É triste mas é verdade... Estamos cada vez pior
Sr Manuel Custódio, eu queria dar o benefício da dúvida, mas depois de 2 anos sem nada feito, só com trapalhadas, a paciência tem limites.
Cmp

 
At 11/29/2007 4:27 da tarde, Anonymous Anónimo said...

"Apesar de já estar habituado às "maluqueiras" do sr. Manuel Custódio, a oposição é tão má ou pior do que ele"

Esta agora..... até parece que alguém da oposição vai ou foi chamado a decidir sobre esta viagem.

 
At 11/29/2007 8:35 da tarde, Anonymous Anónimo said...

mas ouviu-os criticar???

sabe se alguém da oposição não integrará a comitva??

a oposição só se manifesta quando é chamada para isso? ou sempre que entende que acção do executivo assim o exige???

 
At 11/29/2007 10:06 da tarde, Anonymous Anónimo said...

É só inveja. Deixei os homens ir para o Brasil. Pode ser que tragam umas bailarinas para animar a malta e o concelho. Pode ser que depois a comitiva brasileira quando vier visitar o nosso concelho, sejam só mulheres, á de Caxias. Viva a caipirinha.

 
At 11/29/2007 10:09 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Com papas e bolos se enganam os tolos.

 
At 11/30/2007 10:07 da manhã, Blogger zé paivinho said...

Caro anónimo:
A oposição não tem vontade própria ? Não pensa pela sua cabeça ? Não ouvi qualquer reclamação por parte desta, por isso: QUEM CALA CONSENTE.
Para além disso, na câmara não existe maioria absoluta, por isso, não se esconda atravé sda teoria do QUERO POSSO E MANDO.
ATé breve

 
At 12/02/2007 10:53 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Depois queixam-se que não há dinheiro. Que lata!! Como é que este concelho pode sair da cauda do distrito??? É só papões. Não briquem com coisas sérias. Estão a comprometer o futuro do concelho. Se acham que não são competentes ponham o lugar à disposição. Pior do que ser imcompetente é não reconhecer a imcompetência.

 
At 12/02/2007 10:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Façam viagens que justifiquem. Tragam investimento para o Concelho, vão para a China, para a Índia, para o Brasil, até para o raio que o partam, pois assim não fazem cá falta nenhuma.

 
At 12/03/2007 11:10 da manhã, Blogger Viperina said...

após pensar neste tema cheguei à conclusão que no Brasil também se vota!!! terá isto a haver com alguma coisa da cimeira!!!

"Dá-me tinto que para a semana é caipirinha!!" segundo algumas comadres é assim que o espirito dos nossos autarcas se revela em amena cavaqueira durante a hora do almoço no (passe a publicidade) trapalhão...pois bem goze o sabor amargo da lima, poderá num futuro breve sentir semelhante azia nas urnas - assim espero

cpts

 
At 12/03/2007 11:35 da manhã, Anonymous Anónimo said...

deixem o presidente ir para o brasil pode ser que fique lá de vez, e que venha alguem com um bocado de cabeça para o substituir.

 
At 12/03/2007 11:17 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Podia lá ficar ele e mandavam o Lula da Silva para Vila Nova de Paiva. Parece que o Lula gosta do nosso bagaçito.

 
At 12/04/2007 9:46 da manhã, Anonymous Anónimo said...

mal por mal que venha o Lula da Silva

 
At 12/05/2007 4:40 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Mas antes de ir ainda tentou fazer aprovar (mais) um empréstimo para despesas várias.
Felizmente a oposição não deixou.
Queria dinheiro sem dizer para o que era. Isto é que é lata!!!!
Mais lata ainda é saber que, mesmo sem saber se era aprovado já tinha tratado de tudo no banco.
Já estava pronto a receber o dinheiro sem sequer haver aprovação.
Assim foi depois com o rabinho entre as pernas anular o empréstimo.Tem cá uma lata!!!!

 
At 12/05/2007 6:38 da tarde, Anonymous Anónimo said...

devia tar com falta de dinheiro para pagar a casa

 
At 12/06/2007 11:11 da manhã, Blogger Tribuna Laranja said...

Todas as virtudes são coragem; eis porque a palavra cobarde é a mais grave das injúrias.

 
At 12/08/2007 11:44 da tarde, Anonymous Anónimo said...

olha a caipirinha e fresca e barata.....
será que o emprestimo seria para gastar no brasil ou para preparar as próximas eleiçoes?

 
At 12/09/2007 9:38 da tarde, Anonymous Anónimo said...

descobri o que a comitiva foi fazer ao brasil.
segundo noticia do diario de viseu do dia 4 de dezembro de 2007 foram detidas duas brasileiras em bar de alterne em vila nova de paiva e outras cinco edentificadas.
foram buscar reforços

 
At 12/11/2007 1:47 da manhã, Blogger Louvadeus said...

Sendo natural das Terras do Demo é sempre com emotiva atenção que "espreito", com alguma frequência, os blog´s concelhios. "Espreitadelas" que, juntamente com algumas conversas informais (e, julgo eu, desprovidas de interesses "ocultos") de fins-de-semana e férias, permitem manter-me minimamente informado sobre o estado desse Concelho serrano, onde como dizia o Mestre Aquilino a vida "...é dura, pobrinha, castigada pelo meio natural, sobrecarregada pelo fisco, mercê de antigos e inconsiderados erros e abusos...".
Ou seja, um conjunto de condicionantes que têm determinado que o principal produto destas terras seja mesmo o "gado humano" para a emigração, e por conseguinte atribuiem às divisas trazidas pelos verdadeiros HERÓIS dessas terras o papel de principal motor de crescimento e até desenvolvimento da região, basta atentarmos nos efeitos directos e indirectos que a construção das suas casas, a realização dos seus casamentos, festas,etc, provocam na economia local.
Por pensar assim (e acreditar que o interesse máximo subjacente a este tipo de viagens seja o aproximar/estreitar de laços entre a "terra-mãe, muitas vezes madrasta" e as comunidades de filhos desterrados) causa-me alguma estranheza que esta viagem crie tanta polémica/discórdia.
A pouca informação de que disponho (eu....e talvez a maioria das pessoas - o que revela o tão frequente erro/falta de esclarecimentos dos executivos)não me permite ajuizar sobre o sentido de oportunidade (prioridade da acção) da visita, nem tão pouco da necessidade do número, cargo ou estatuto de alguns participantes. Se a presença de alguns é manifestamente injustificada, estamos então perante um abuso grosseiro, visto que, independentemente de qualquer que seja a entidade que suporta as despesas, trata-se de dinheiro público e como tal só deve estar ao serviço do interesse público. Se for apenas um aparente abuso, ou seja, algumas pessoas serem mesmo necessárias ou até suportarem do seu bolso as despesas, então estamos perante um erro de palmatória do executivo, visto que à "mulher de césar não basta ser séria é obrigatório que também pareça."
Relativamente aos erros cometidos por este executivo cumpre-me dizer que, contrariamente, ao que diz a generalidade dos "bloguistas", por quem tenho o máximo de respeito e agradeço o facto de me manterem informado, na minha opinião - que vale o que vale -o erro/falha maior deste executivo não são as viagens, não são as festas para alguns "nichos" da comunidade, e também não é a falta de "grandes" obras, mas sim a não percepção da mudança conjuntural e simultaneamente a não adequação da politica local à política nacional. Faltou-lhe, ou falta-lhe uma estratégia corajosa de emagrecimento, racionalização, optimização do aparelho camarário. O anterior executivo , beneficiando da irresponsabilidade que governou este país durante anos, e que neste momento todos nós .....ou melhor... alguns de nós estamos a pagar, projectou e concretizou diversas "grandes" obras. Algumas de utilidade/rentabilidade bem duvidosa, ou pelo menos com um custo/benefício ainda injustificado, veja-se o exemplo do auditório, instalações magnificas/luxuosas, mas com plateias em regra diminutas. É incompreensível, não devendo, em meu entender, atribuir-se a culpa apenas aos executivos, verificar que a maioria das actividades desenvolvidas no auditório ou no Arbutus (que se não for descurado tem condições para ser um polo de desenvolvimento como poucos existentes no Concelho)têm, mesmo sendo gratuitas, um número reduzido de interessados/beneficiados.

- O projecto da biblioteca não terá a mesma sorte?
- O projecto do complexo desportivo será mesmo necessário? (Não será oportuna/possível uma parceria com o Sátão, que fica a 10 Km/15 minutos de distância, e onde existe, segundo julgo, já um campo relvado?)
- Merecerão todos os inquilinos das Casas Sociais habitá-las eternamente? Há inquilinos destas que, despudoradamente, são proprietários de habitações próprias sitas a poucos metros daquelas que habitam?

Com a conjuntura politico-económica actual torna-se demais evidente que o volume/peso e funcionamento do aparelho camarário é tragicamente insuportável. Veja-se o exemplo do que, aparentemente, aconteceu na Cooperativa. Uma organização com um mercado facilmente fidelizado que,ao esquecer-se da sua verdadeira missão - servir os sócios/cooperantes que, muitas vezes e inexplicavelmente, tinham acesso aos mesmos produtos a preços mais reduzidos na concorrência -se tornou no que dizem que se tornou e que eu (e muitos sócios/comproprietários) ainda não percebi. Eu pergunto se haveria no Concelho outra organização que tivesse o mesmo mercado, os mesmos factores críticos de sucesso?

Não correrá o aparelho camarário o mesmo risco?

Será que os níveis de exigências actuais e futuras se compadecem:
- com o desempenho/dedicação ao serviço público manifestado por alguns funcionários? (Porque será que as obras camarárias demoram tanto tempo? Não será mais rentável para a comunidade recorrer aos privados?)
- que alguns funcionários, a ser verdade o que dizem os blog´s, passeiem jeeps de café em café?
- que alguns funcionários ganhem mais em horas extraordinárias que no próprio salário?
- que alguns funcionários façam da Câmara palco de quezílias/ lutas de interesses pessoais?
- que os valores destinados a projectos de investimento sejam desviados para outros fins que não aqueles para que foram criados, ou até, subtraídos por comissões de acompanhamento, etc?
- merecerão, e perdoem-me os competentes e excelentes funcionários que felizmente também existem, estes funcionários, e respectivas famílias, festas ou "prendas" de natal pagas pelos impostos de todos nós? (A maioria das instituições públicas e privadas que conheço organizam jantares de natal, pagos pelos colaboradores.) Será que se fosse a pagar também iriam? Onde ficam estes funcionários nas actividades/debates que por vezes decorrem no auditório ou mesmo na comemoração do dia do município?

São apenas algumas perguntas que deixo no ar.....e que me fazem pensar se o Concelho/Comunidade estará disposta a apoiar/acarinhar aqueles que, como já li num comentário, tendo alguns "dedos de testa" e amando a sua terra-mãe, "...agreste, primitiva..." mas com carácter no tempo do Mestre Aquilino, têm vidas e certas comodidades que só por muita generosidade/fraternidade .....distracção e burrice para alguns....se envolveriam na política vigente. Política vigente alimentada por interesses imediatos e individuais (o mais próximo,urgente e importante é sempre o buraco da nossa porta e não a estrada para a comunidade), valendo e permitindo todo o tipo de chafurdar.
Não haverá ....dizem-me que sim....um exemplo bem concreto neste executivo que, apesar da jovialidade, profissionalismo, empenho dedicado à causa pública tem sido vítima de jogadas baixas, com cheiro a lodo, que fomentarão provavelmente o seu abandono? Não será esse um exemplo bem ilustrativo que impede a participação (bem necessária) de diversos filhos anónimos dessa terra?

Manuel Louvadeus (Quando os lobos julgam a justiça uiva)

 
At 12/15/2007 11:29 da tarde, Anonymous Anónimo said...

serás que a comitiva que foi ao brasil vem cá passar o natal com as suas familias ou ficam la com alguma brasileira?????

 
At 12/18/2007 10:46 da manhã, Anonymous Anónimo said...

ouve alguém que me enviou este video um dia destes para o meu mail, e em certa parte o sr do video tem alguma razao.
http://www.youtube.com/watch?v=_OFr-i4FYo0

espero q gostem.
cumps

 
At 1/24/2008 11:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

todos os queridos presidentes das Camaras que por aqui passaram, sao todos uns artistas. para eles o comercio não esiste, mas os comerciantes é que pagam cá os impostos para ajudar a pagar os seus ordenadinhos, mas eles vão comprar as coisas para o concelho aos seus amigos ( Viseu),pois viseu enche a vila com dinheiro, o mesmo que acontece com a informação aos comerciantes da vila nunca são informados de nada nem das alteraões das datas de feiras, mas os feirantes são , porquê? Sim os feirantes chegam recebem o dinheiro que fazem na feira pagam cinco testões de terrado e vão gastar o dinheiro nos concelhos deles não fica aqui nada , Ah enganei-me fica mas é muito lixo que fazem que para isso é preciso andar um camião um condutor e mais dois homens a limpar o lixo que deixaram, pergunto quanto custa uma só hora destes trabalhadores fora das horas de serviço ? bastante caro, será que o dinheiro do terrado que os feirantes pagam dá para isso?claro que não, e ainda agora quer o Sr, presidente ir gastar mais umas toneladas de Euros para mudar a feira de sítio para que ? mais outro ELEFANTE BRANCo ou será verde?gostaria de pensar o que os comerciantes da vila estão a fazer aqui? onde está o apoio da Autarquia , onde está os melhoramentos, para a vila desenvolver, onde está as ruas novas para haver novos lotes para construção a preços modicos para atrair gente nova e dinamizar esta vila ?

 

Enviar um comentário

<< Home